sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Belém Thrasher Attack - 04/12/2014

Não consegui encontrar uma palavra que defina como foi o Belém Thrasher Attack...
Então resolvi inventar uma...
Esse evento foi simplesmente POWERMEGAFUNKINGPHODA!
"Ah mas Destruction "DE NOVO"... Ah! o Wiplash não veio PERDEU A GRAÇA!... Ah! já que o Wiplash não vem pq não baixa o preço do ingresso?... Ah! mais uma ou menos uma banda LOCAL não vai fazer DIFERENÇA!!... Ah! Destruction eu já vi, e essas bandas locais já saco todas!!!"






Mimimis a parte vamos a resenha desse evento e FODA-SE!!!... E aproveita que eu tô CALMO!!!... Hehehehehehe!!!






Cheguei por volta das 19:40hs e como era esperado por ser no meio da semana, pouco público se encontrava pela frente do Botequim, o GROSSO mesmo iria aparecer aos poucos, conforme fossem se liberando dos seus compromissos do dia a dia (Estudo. trabalho, lavação de louça, coçassão de saco).

Um aperto de mão e um abraço em alguns rapidamente e segui para o front e já com uma galerinha esperando a banda Retaliatory tomar o palco e mostrar porque foi a banda mais votada na enquete feita pela produção para abrir o evento junto ao Anúbis.


E não demorou os caras deram início a grande festa que foi este evento com nada mais nada menos que Retaliatory Attack... Pra deixar os presentes alucinados de cara!!!



Pra quem não saca a banda Retaliatory estará fazendo 25 anos de estrada em 2015 e é uma das bandas pioneiras do Thrash Metal Paraense.






A banda emergiu na cena paraense em 1990 com uma sonoridade baseada no Thrash Metal e no Death Metal e fortemente influenciada por bandas como Slayer, Death e Sepultura.




Possui em sua discografia três demos tapes, uma coletânea, um álbum e um EP lançados.





O álbum "Retaliatory Attack" lançado no ano de 2006 pelo selo brasiliense Kill Again Records, obteve grande repercussão nacional.






O último trabalho, o EP "Torture of Death" do  ano de 2013, foi lançado na Europa pelo selo português Metal Soldiers Records e está tendo boa repercussão no Velho Mundo. 




Com esse tempo de estrada a banda fez shows e participou de festivais pelo norte e nordeste e já tiveram chance de dividir o palco com grandes bandas tanto da cena nacional como:..


Krisiun, Torture Squad, Violator, Korzus, Funeratus, Distraught, Deadly Fate, Eternal Darkness 666, Warpath, Disgrace and Terror, Unearthly, HeadHunter DC, Violator, Obskure, como da cena internacional como:...




Malevolent Creation (EUA), Omen (EUA), Strike Master (México), Iconoclasm (Bélgica) e Hirax (EUA). e agora o Destruction... Heheheh!!!




O "Retalia", como a banda é chamada carinhosamente aqui no Pará... Hehehe, conta atualmente com Gledson Moita no Vocal, Luciano Arakaty e Espeto Alfaia nas Guitarras, Lendl Oliveira no Baixo e Victor Nunes na Batera.





Essa rapaziada como citei acima estará comemorando os  25 anos da banda Retaliatory no melhor lugar... Na ESTRADA!!



Logo de cara, em Janeiro, a banda segue em direção ao sul e sudeste do Brasil para uma série de shows. 







Destes o primeiro confirmado é no Fear Fest III em Porto Belo, SC junto com a banda Ratos de Porão no dia 24 de Janeiro de 2015.





Além de disco novo e grande show em Belém com convidados em comemoração desse 1/4 de século de Death e Thrash Metal.






Os caras do Retalia estavam afiadíssimos e fizeram um show MATADOR, tanto que o meu nobre Luciano Arakaty acabou por quebrar uma das cordas de sua guitar e o brother Marcus Saraiva, baixista da banda Anúbis deu um "suporte" pra ele que ficou sem tocar uma musica e voltou ao palco para tocar a saideira e encerrar a apresentação da banda.

Destaque para as musicas "Torture Of Death" e "Dead World"(Vídeos).







Uma retirada estratégica para me hidratar e fazer algumas imagens da galera que ainda chegava ao local ou que aguardava a próxima atração da noite.



E foi só o tempo mesmo do Retaliatory deixar o palco e o Anúbis se posicionar e ao escutar o primeiro acorde tratei de entrar e me posicionar para registrar essa banda PHODA!!!





E não demorou o Anúbis tomou o palco do Botequim bicudando o saco do palhaço e quase bora fogo na lona do circo!!!... Heheheh!!!





Sandro "Picolé" e sua trupe pareciam alucinados e ávidos por estar novamente se apresentando com o Anúbis.







Não só esta apresentação marcou a "volta" da banda aos corres na cena, como também foi anunciado que novidades estão vindo em um breve futuro.




Uma delas seria um single ou EP da banda, pois já estão produzindo novamente e oportunidade nos brindaram com um composição nova (Price) e eu "oportunamente" registrei em vídeo... Heheheh!!!



Inspirada na mitologia dos deuses egípcios, a banda Anúbis manda o seu recado e muito bem por sinal, com seu bom e velho Thrash Metal, tendo influências de grandes bandas dentro e fora desse estilo, o que reflete bastante em suas musicas.



Formada no ano de 1994  banda só consegue lançar seu primeiro registro doze anos mais tarde. Mais precisamente no ano de 2006 com o lançamento da DEMO auto intitulada... ANÚBIS!!!






Quatro anos depois, em 2010, a banda finalmente lançam o seu full length, "Legacy of Humanity"







Até há algum tempo atrás a banda estava bastante 'instável" quanto a sua formação e a disponibilidade de alguns integrantes, porém agora parece que a formação finalmente selou e o filho de OSÍRIS esta de volta!!!


Atualmente a banda conta com Sandro Costa (Vulgo Picolé) no Vocal, Vinicius Carvalho e Renato Costa nas Guitarras, Marcus Saraiva no Contrabaixo e André Souza na Bateria

Destaque para as musicas "Anúbis", "School Of Hate" e a novissíma "Price" (Vídeos).


Depois do showzaço do Anúbis rolou um intervalo de mais ou menos vinte minutos e nesse tempo dei uma sacada fora do Botequim e percebi que ainda tinha algumas pessoas esperando a banda red liner começar a destruição.


No interior do Botequim já tinha uma galera considerável e aproveitei também para dar um giro e fazer algumas imagens do GALEROSO!!






As roqueiras de nossa cena também estiveram prestigiando o evento e deixando o ambiente muito mais melhor de bom!!... Heheheh!!!










Amigos botando o papo em dia e tomando aquela breja ou apenas um refri como eu que nessa noite estava fazendo uma medicação e me abstive dos prazeres do álcool... Heheheh!!!  


Eis que de repente começa uma movimentação no palco e em seguida uma trilha se encarrega de fazer o clima para a banda alemã tomar o palco do Belém Thrasher Attack e literalmente promover a DESTRUIÇÃO do pescoço alheio.


A banda foi fundada na década de oitenta, mais precisamente no ano de 1982 pelo Baixista e Vocalista Marcel Schirmer, o Guitarrista Mike Sifringer e o Baterista Tommy Sandmann em uma cidade pequena e pacata da Alemanha chamada Weil am Rhein.

Ao lado de nomes como Kreator, Sodom e Tankard, o Destruction é considerado umas das bandas do “The Big Teutonic Four”, bandas precursoras do estilo Death Metal.


A história da banda Destruction teve início com o lançamento da demo “Bestial Invasion of Hell” no ano de 1984 e em seguida, no mesmo ano a banda lança seu primeiro EP “Sentence of Death”.



No Brasil lançado em forma de SPLIT álbum em parceria com os conterrâneos da banda Sodom.






Seguiu sua história com grandes álbuns como “Infernal Overkill” (1985) e “Eternal Devastation” (1986).







No ano de 1987 a banda deixa de ser um Power Trio com a entrada de Harry Wilkens na segunda guitarra, e com ele a banda lança o EP “Mad Butcher” e o espetacular álbum “Release from Agony” (1988), e também o álbum ao vivo “Live Without Sense”.


No ano seguinte Marcel Schimier se afasta da banda e o Destruction assume o nome "Neo Destruction" e lança o álbum “Cracked Brain” com André Grieder no vocal.




Mike Sifringer seguiu como único membro remanescente do Destruction, junto a diferentes músicos até a volta de Marcel Schimier no fim de 1999 quando a banda retoma seu nome e volta a ser um power trio.



Atualmente a banda continua na divulgação do álbum “Spiritual Genocide” lançado em 2012 pelo selo Nuclear Blast.



Além dos fundadores Marcel Schimier e Mike Sifringer, completa o trio o batera Vaaver (Wawrzyniec Dramowicz).

O show do Destruction foi bastante diferente da apresentação feita na primeira vez da banda por aqui por Manga City.




A começar do MEGA set list que a banda preparou para este evento que estava recheado de surpresas como a musica "Tormentor", a qual eles raramente tocam em suas apresentações.

E também parecia que os caras estavam com um punch a mais e isso foi claramente captado pelo público que correspondeu brilhantemente, tornando o evento ainda melhor.




Depois do show a banda segui para o camarim e por lá ficou até que o grosso da galera debandasse.



Ai, depois de uns vinte e poucos minutos a van responsável pelo translado da banda chegou e os caras desceram e passaram por mim e mais alguns que persistiram e acabaram conseguindo tirar uma foto com os caras e agradecer pelo espetáculo.


Segui os caras até a saída do prédio e entrada dos mesmos na van, após alguns autógrafos e fotos para uma galerinha que estava do lado de fora do Botequim só urubuservando... Hehehe!!


Depois disso só me restou seguir para o Litrão do Rock que é claro estava presente matando a sede dos bangers antes e depois dos shows com litrão mais gelado do pedaço!
E assim foi mais um evento de sucesso realizado e produzido pela Leprosys Produções. Os brothers André Bocão e Stefan, assim como o nobre José Lucas Neves e toda a equipe técnica que proporcionou além de um som bem equalizado, iluminação e efeitos bem aplicados...


Só achei que rolou muita fumaça e isso prejudica bastante as fotos, mas de resto esta PERFECT!!!





Assista aos vídeos abaixo, confira todas as fotos desse evento clicando no cartaz no topo desta postagem... COMPARTILHE a mesma em sua rede de amigos no Facebook e ajude a divulgar a sua cena!!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...