terça-feira, 24 de julho de 2018

Ensaio Stress - Nova Formação - Fabrika Studio - 17/05/2018


Na noite do dia 17 de Maio do corrente estive presente a convite do nobre Roosevelt Bala em um ENSAIO ESPECIAL da banda STRESS!!!

A proposta era fazer um registro de um ensaio da banda STRESS, a qual esta em franca produção de seu novo álbum que será lançado ainda este ano de 2018 e que marcará a "despedida" do guitar man Paulinho Gui e a entrada do NOVO guitarrista da banda Emerson Lopes.

O ensaio também foi transmitido ao vivo em uma LIVE no Facebook!






Cheguei no Fábrika Studio, empreendimento do nobre Jayme Katarro por volta das 20:40h e fiquei ali na "sala de espera" preparando o equipa e conversando com o nobre Paulinho Gui... Na sequencia chegou o Roosevelt Bala, a sua esposa e produtora da STRESS Josy Sidrim e o novo guitar man da banda STRESS Emerson Lopes e logo atrás o... MONSTRO!!!.... Huauhauauah... O batera André Chamon!!!... Hehehehe!!!




Também estava presente o brother Haroldo Roll... Fã das antigas da banda STRESS, convidado especial do nobre Roosevelt Bala e figurinha carimbada da cena ROCK de Manga City!!!... Heheheh!!

Blá... Blá... Blá... vai e Blá... Blá... Blá... vem e não demorou o seu Jayme avisou que a sala de ensaio reservada já estava disponível e devidamente pronta para uma passagem de som e na seguência o ensaio.

Mais um pouquinho de Blá... Blá... Blá... pra lá e Blá... Blá... Blá... pra cá e seguimos todos para a maior sala de ensaio do Fabrika Studio... Enquanto a banda se preparava para a passagem de som eu também comecei a me preparar para captar as imagens e o "som" desse ensaio da banda PONEIRA do Heavy Metal Brazuca!!!...


Liguei uma câmera fixa em um tripé de frente para o "palco" com o objetivo de capturar em vídeo o máximo que eu pudesse do set list programado para o ensaio, e com outra câmera me preparei para fazer algumas fotos dos caras em ação.



Abaixo segue um vídeo onde você pode conferir o que rolou depois que liguei essa câmera fixa... A banda afinando os instrumentos, regulando as pedaleiras, montando a bateria e o seu Jayme alí o tempo todo dando o suporte solicitado pelos musicos!!!... O vídeo começa exatamente quando o vocalista e baixista Roosevelt Bala toca um trecho da musica "Cotton Fields" da banda  Creedence Clearwater Revival!!!

Posteriormente, naquele velho e bom papo no privado do Facebook o nobre Roosevelt Bala comentou comigo a respeito dessa musica!!

Roosevelt Bala:
É boa pra testar as 3 vozes, rsrsrs... Testei na passagem de som no SESC SP, o dono da Baratos Afins ficou maravilhado, ele é fã do Creedence, não imaginava o STRESS Heavy tocando aquela, rsrs...

Depois de tudo pronto, "Coração de Metal" foi a musica escolhida para a passagem geral de som antes do início do ensaio!!!



Dai pra frente os caras levaram um set list de DEZ musicas, sendo OITO já conhecidas pelos fãs da banda e DUAS musicas "INÉDITAS" da banda!!!... "Anjo Perdido", musica que o Blog Metal Pará já havia registrado na cobertura do show da banda STRESS "Os Pioneiros do Metal" que ocorreu em Outubro de 2016 no Waldeco (Teatro Experimental Waldemar Herique), e você pode conferir este vídeo com essa musica e também a matéria completa desse evento clicando AQUI!!!

A outra INÉDITA da banda é a musica "Fogo e Fúria", que a banda executou no ensaio somente o INSTRUMENTAL, pois a letra ainda não está finalizada!!!







Depois desse SUPER ensaio da banda STRESS eu conversei com cada um dos integrantes da banda pelo Facebook e pedi que me falassem um pouco sobre a atual "fase" da banda, mais especificamente em relação a "saída" do nobre Paulinho Gui e a entrada doe Emerson lopes e também no que tange ao novo álbum da banda STRESS!!!... Confira a seguir o parecer de cada um dos integrantes da banda!!
Roosevelt Bala


Marcelo Barros:
- Me fala sobre o novo álbum e sobre a entrada do Emerson Lopes na banda?

Roosevelt Bala:
- O novo álbum do STRESS terá 9 músicas, 6 inéditas e os três singles não lançados oficialmente em nenhum álbum: “Coração de Metal’; “Brasil Heavy Metal” e “Heavy Metal é a Lei”. Exceto pó esses três lançamentos, que se tornaram hinos do HM BR, o STRESS não lança um álbum oficial desde 96 (STRESSIII).
- Com o aniversário de 40 anos da banda, achamos que era uma boa hora pra realizar um disco novo... As composições inéditas vem bem na linha do primeiro disco:  rápidas, pesadas, bem trabalhadas e com letras fortes. Uma delas tem quase 9 minutos de muita pauleira, nossa maior música ever... Estamos finalizando as gravações, só falta uma, o próximos passo será a mixagem e masterização...
- Esperamos que tudo esteja pronto para lançarmos no segundo semestre deste ano de 2018. 
- Esse álbum terá outra novidade, a entrada do novo guitarrista, Emerson Lopes. Paulo Guilherme está de mudança para Portugal, não pode participar dessa gravação.Ele estará conosco sempre que possível, nas apresentações ao vivo, no Brasil ou na Europa (planos futuros).
- Conheci o Emerson Lopes pessoalmente em uma participação (canja) no show do Zona, em um Pub de Belém.Naquele momento já deu pra ver que era um grande músico.Depois de algumas conversar pela internet, convidei-o a fazer parte da banda que me acompanharia no meu show de 40 anos de carreira, no Teatro da Paz , em 30/09/2017... Ele vinha de Breves, 12 horas de barco, toda segunda, pra ensaiar, e voltava no dia seguinte, isso por dois meses seguidos.
- Não é comum ver essa dedicação nos músicos, a maioria não gosta de ensaiar, nem há poucos quilômetros das suas casas.O show dos 40 anos foi perfeito, um sucesso.Nessas alturas eu já conhecia bem o Emerson, como pessoa e como músico de alto nível.No último ensaio pra esse show, ele foi convidado pra ser o guitarrista do Zona, convite aceito na hora...
- Teve de se mudar pra Belém, largou tudo em Breves, uma decisão difícil, mas determinada. O destino ainda reservaria outras surpresas pra ele, e pra nós, também, rsrs ...Menos de um mês depois, há 3 dias do início das gravações do STRESS, Paulo Gui nos informa que vai se mudar pra Portugal e que não estaria no clima pra gravar esse disco, por razões pessoais...
- Na mesma hora contatei o Emerson, que nessas alturas já estava morando em Belém, devido suas atividades com o Zona. O convite foi aceito, o desafio era enorme, chegar já gravando, sem conhecer as músicas. Porém, com muita dedicação, disciplina, empenho e talento ele encarou a missão e a executou com muito brilhantismo.
- O resultado será visto (ouvido) quando tiverem contato com essas gravações inéditas... Ficou show de Metal, nosso melhor disco está por vir ... A apresentação do Emerson como guitarrista oficial do STRESS ocorreu no show de 40 anos da banda no SESC, em São Paulo. Foi muito bem recebido por todos os presentes, seu carisma logo prevaleceu, além de sua performance como guitarrista e artista no palco.
- Hoje somos grandes amigos e parceiros de profissão,  além de Zona e STRESS temos o projeto Acústico, que vem ganhando muito espaço e elogios por parte do público de Belém, já estamos até saindo da cidade com esse formato de show.





- Daqui pra frente as metas são o lançamento do novo álbum do STRESS (Devastação), com uma tour nacional e posteriormente na Europa, que é um sonho antigo da banda...Espero que tudo dê certo e que Deus esteja conosco nessa missão, pois os Pioneiros estão melhores que nunca!


André Chamon

Marcelo Barros:
- Me fala um pouco sobre o novo álbum do STRESS?...

André Chamon:
- Em 2018, a STRESS lançará o seu quarto álbum de estúdio.
- Ele terá nove faixas: seis inéditas e os três singles, que não fizeram parte dos discos anteriores.
- A grande novidade foi a entrada do novo guitarrista, Emerson Lopes, da cidade paraense de Breves, que gravará as faixas inéditas.
- Todas as novas músicas e letras são de Roosevelt Bala e André Chamon.
- O título "Devastação" é o mome de uma delas e foi escolhido para servir de alerta para o desmatamento de nossas florestas e o descaso com o meio ambiente.
- A capa será um dos pontos altos deste trabalho e ilustrará bem o caos que poderá ocorrer no futuro, se nada for feito. 

- Depois do álbum STRESS III, de 1996, a banda conquistou muitas vitórias. Entre elas, foi finalmente reconhecida nacionalmente como pioneira do heavy no Brasil, recebeu elogios na conceituada revista alemã Rock Hard, lançou um dvd ao vivo, foi notícia no Jornal Hoje da Globo...
Foi homenageada no Stay Heavy Metal Stars em São Paulo, participou dos filmes Global Metal e Brasil Heavy Metal...
- Lançou todos os seu álbuns na Europa, se apresentou no Canecão, abriu o show do Iron Maiden, recebeu um tributo em CD, lançou três singles, produziu vários vídeos... Mas, faltava uma coisa: lançar um novo álbum.

- Diferente do primeiro LP, que foi gravado com muita dificuldade em um estúdio precário, a produção do novo CD está sendo facilitada pelas novas tecnologias, que permitem obter uma boa qualidade até mesmo em Home Studio, e pela internet, que nos permite gravar nossos instrumentos em diferentes cidades.
- Eu, André, estou gravando a bateria no Rio, o Bala e o Emerson estão gravando voz, guitarra e baixo em Belém e depois enviaremos as trilhas para serem mixadas em São Paulo.
Marcelo Barros:
- Como se deu a entrada do novo Guitar man da STRESS?
- Qual a previsão para o lançamento do novo álbum?

André Chamon:
- No dia 10 de janeiro deste ano, entrei no grupo do Whatsapp, "STRESS 40 anos" e, com surpresa, li uma mensagem do Paulinho comunicando que não poderia continuar na banda, porque estava se mudando para outro país. O próprio Paulinho sugeriu a entrada do guitarrista Emerson Lopes (que toca banda Zona Rural com o Bala) para substituí-lo. Estávamos com um show marcado em São Paulo, para comemorar os 40 anos da STRESS.
Como as passagens já estavam compradas, decidimos fazer o show com os dois guitarristas. Durante a apresentação, o Bala anunciou a despedida do Paulinho e apresentou o Emerson como novo guitarrista. Foi emocionante.





- Confesso que gostei muito desta formação. Todas as vezes que for possível,  reuniremos os dois nos próximos shows da STRESS, seja no Brasil ou na Europa, onde o Paulinho irá residir.
- O lançamento do novo álbum será em 2018. Já estamos no final da gestação. Nos próximos meses daremos à luz.
Paulinho Gui


Marcelo Barros:
- Me fala um pouco sobre o novo álbum do STRESS?
- E sobre a tua "despedida" da banda e também sobre o nobre Emerson Lopes?





Paulinho Gui:
- O novo CD do STRESS traz músicas com riffs bem trabalhados, melódicos e rápidas, seguindo a característica da banda, sempre com muito peso. Como no primeiro disco, as letras abordam temas da atualidade, e melodias refinadas no vocal.





-  Quando percebi que precisaria sair da banda devido a assuntos pessoais, fiquei algum tempo refletindo sobre alguém para me  substituir, porém, alguém que também pudesse contribuir com a banda, então, achei que o Emerson seria a opção perfeita, pois, já o tinha visto no Zona Rural e me agradou bastante...








- Ótima técnica, feeling, muito bom gosto para os timbres de guitarra, enfim, para mim ficou claro que seria uma escolha perfeita, tanto que no momento do comunicado de desligamento, informei para a banda que o Emerson seria a indicação.




Emerson Lopes
Marcelo Barros:
- Buenas meu caro!!...
- Podes me falar um pouco sobre a tua trajetória no ROCK e também em relação a tua entrada no STRESS???... Como e quando aconteceu??... Conte me tudo e não me esconda nada!!!!.... Heheheheh!!!

Emerson Lopes:
- Sou natural de Breves, comecei tocando bateria aos 13 anos. Só comecei a estudar guitarra aos 17, no entanto foram dois anos dedicados exclusivamente ao estudo da guitarra (Nesse período chegava a estudar de 12 a 14 hs por dia). Comecei a me interessar por música ouvindo uma banda  chamada Catedral. Anos depois vieram GnR, Led Zeppelin, Iron, Black Sabbath, Malmsteen entre outros.
- Ingressei no mercado secular musical aos 22 anos. Fui o principal responsável pela popularização do rock em minha cidade. - Antes desse período não se tocava rock nos bares e casas, então tive a idéia de montar uma banda de rock e isso virou febre quase que imediatamente! Lotávamos casas de shows e festas. Isso se espalhou por vários municípios vizinhos. Anos depois senti que já havia cumprido minha missão na minha cidade. Não havia mais o que conquistar. Então comecei a focar o mercado fora. Éramos constantemente comparados a banda Zona Rural pelas pessoas que vinham de Belém.
- Até que resolvi pesquisar sobre a banda. Fui surpreendido pela técnica vocal do Bala.  Achava q não existia um cara com esse potencial morando no mesmo estado que eu. Fiquei fascinado. Lembro que pensei, era a voz perfeita que completaria a minha guitarra...hehehe.
- Nesse período eu tinha por volta de 27 anos e fazia turnês com o cantor Wanderley Andrade, com o qual toquei 8 anos. Fazia as turnês e sempre voltava para Breves, mas periódicamente eu costumava ir a Belém e sempre que podia ia nos shows do Zona. 
- E sempre no começo dos shows eu falava com o Bala, tirava fotos, eu era meio tiéte  sabe...rs...Ele sempre foi bastante gentil e atencioso comigo.
- Em uma dessas eu disse que queria lhe dar um presente, ele disse "tudo bem", então tempos depois eu mandei por um amigo meu, um CD instrumental de rock que eu havia gravado há um tempo atrás.
- Algo bem modesto, não tínhamos equipamentos e muito menos experiência na época, mas o álbum era repleto de boas melodias. Ele ouviu e pareceu gostar das composições. Daí começamos a manter contato nas redes sócias. Mandar material um para o outro. Videos, músicas gravadas (essas coisas).
- No começo do ano passado eu fui em um show do Zona no antigo Old School e fui surpreendido com o convite do Bala para uma jam. Ainda era o Frank Sagica o guitarra. Encarei! Foi a prova de choque. Subi e toquei ao lado deles. O entrosamento foi instantâneo! Parecia que já tocávamos juntos a anos!
- A vibe rolou mesmo! Lembro de um cara gritando "esse é o guitarra pra tocar com vcs"!...
- Foi meio constrangedor e ao mesmo tempo massa! Em abril do ano passado Bala foi convidado p participar em um album acústico do Wanderley Andrade que eu tava produzindo (Esse álbum ainda será lançado). Eu já tava bastante maduro musicalmente. Já havia gravado mais de 20 álbuns, feito shows em quase todo o território nacional e no exterior. Gravei os violoes e o Bala cantou duas músicas.
- Nesse período já estávamos bastante próximos. Até fizemos um acústico juntos no Chigago. Frank anunciou sua saída nesse mesmo período. Fui o principal indicado, mas por morar muito longe de Belém o posto acabou ficando com o guitarrista Borba. No entanto, Bala tava disposto a me incluir nos projetos dele.
- Tanto que me convidou p tocar no seu show comemorativo de 40 anos de carreira (Show no Teatro da Paz). Aceitei e nao medi esforços. Viajava 12 horas de navio só para ensaiar. Uma semana antes do show de 40 anos, Borba anuncia a sua saída da banda.



- Foi meio engraçado, eu e Bala estávamos chegando no prédio e ele tava se despedindo da Josy (produtora do Zona). A Josy me viu e disse "tu chegou na hora certa!" e me fez imediatamente o convite! Aceitei na hora! Não pensei nos obstáculos, só disse que aceitava e que eu ia dar um jeito!
- Começamos a pensar em como faríamos logisticamente. Me mudei uma semana depois para Belém! Tinha uma vida estável, um bom salário de professor. Joguei tudo para alto! Caí dentro com o Zona. Muitos shows!
- Em um desses o Paulinho Gui (guitar do STRESS) foi. Lembro que após o show do Zona ele chamou o Bala e disse que finalmente o Bala achou um guitarra pra dividir o palco com ele.
- No final da noite ele me chamou e me falou pessoalmente. Algumas semanas depois André Chamon estava em Belém e foi em um show do Zona. Também teve a mesma impressão. Nos tornamos amigos. Foi tudo muito natural.
- O caminho ao STRESS parecia inevitável. Um certo dia Bala me liga na madruga, mas eu já tava dormindo. Acordei no outro dia e vi suas ligaçoes. Retornei e ele me disse que precisava falar comigo, mas tinha que ser pessoalmente. Então fui almoçar no seu AP.
- Lá ele me comunicou que o Paulinho tava de mudança para Europa e por conta disso tava deixando o STRESS e que eles haviam sentado juntos e me escolhido como o novo guitarrista. Foram unânimes!
- Entao me perguntaram se eu aceitava.


Eu obviamente aceitei. Isso tudo apenas há dois dias do início das gravações do álbum "Devastação"! Entrei na banda e já fui para o estúdio gravar. Gravei as guitarras do novo álbum em um pouco mais de uma semana.  Foi muito louco...hehe..Bom, Aqui estou!







E assim foi a PRIMEIRA COBERTURA DE ENSAIO do Blog Metal Pará!!!... Com a PRIMEIRA banda de Heavy Metal Brazuca e a PRIMEIRA a se cadastrar no Blog Metal Pará!!!












Só tenho a agradecer, em nome do Blog Metal Pará e da GB Comunicação pela lembrança e confiança nos trampos realizados por essa parceria!!!




No final desse super ensaio ainda ganhei uma palheta de contrabaixo do nobre Roosevelt Bala!!!... Uma face com o logotipo da banda STRESS!!!...








E na outra face o logotipo do próprio Roosevel Bala. O qual, foi criado e desenvolvido em parceria com a GB comunicação, assim como o logotipo do nobre Emerson Lopes, que também foi criado pela GB Comunicação e que você pode conferir abaixo!!!




Cedo ou tarde o nobre Emerson Lopes irá providenciar as suas palhetas personalizadas... E meu relicário estará esperando!!!... Heheheh!!!






Já ansioso por este NOVO álbum da STRESS e também para cobrir o SHOW de LANÇAMENTO do mesmo por aqui por Manga City.
Vida longa ao STRESS!!!






Confira abaixo TODOS os VÍDEOS feitos nessa PRIMEIRA cobertura de ensaio do Blog!!!... Clique na primeira foto desse post e confira TODAS as fotos!!!...

COMPARTILHE essa matéria em sua rede de amigos no Facebook e ajude a divulgar a sua cena!!






Vídeos:













Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...