quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Exodus Em Belém - 01/10/2014

No dia primeiro do mês de Outubro de 2014 o blog Metal Pará teve a HONRA de cobrir e prestigiar o show de uma das maiores lendas vivas do Thrash Metal mundial... EXODUS!! 


Mesmo sendo em uma Quarta Feira, um dia da semana em que estou cheio de trampo, procurei me livrar de tudo o mais cedo possível para estar presente ao local do evento e poder registrar a banda anfitriã DISGRACE AND TERROR.






Cheguei ao Botequim mais ou menos por volta das 21:15hs e fui direto registrar a banda paraense em Disgrace And Terror.





Pra quem não saca a banda em questão, os caras fazem um Thrash/Death Metal no estilo oitentista bem executado e preciso onde é nítida a preocupação com a agressividade, porém, sem esquecer-se da qualidade.

A banda que já foi um quinteto (Demo), seguiu a maior parte do tempo como quarteto e hoje é um Power Trio dos infernos e conta com Roterdan Marinho “ROT” Terrorist no Vocal e Contrabaixo, Vinícius Carvalho na Guitarra e Aldyr Rod "Rato" na Bateria.

Na estrada a treze anos, a banda já dividiu palco com grandes bandas nacionais e internacionais, dentre estas podemos citar rapidamente... Krisiun, Funeratus, Torture Squad, Nervo Chaos, Andralls, Claustrofobia, Executer, Demonized Legion, Farscape, Whipstriker, Malevolent Creation, Cannibal Corpse, Onslaught e Destruction.



Além de uma turnê nacional onde a banda passou por dez cidades em nove estados do norte e nordeste do Brasil, com mais de vinte shows. Os caras já fizeram uma Tour pelo velho mundo, tornando-se a primeira banda da região Norte do Brasil a realizar uma turnê pela Europa, chegando a fazer por volta de vinte shows e percorrendo dezesseis cidades em seis países.  Alemanha, Bélgica, Espanha, Países Baixos, Polônia e Portugal.

A banda tem em sua discografia uma Demo com o titulo "The War" que foi lançada no ano de 2003, o seu álbum debut que saiu no ano de 2005 e se chama "Shadows of Violence", um Split lançado em 2009, com o titulo "Terror Nuclear"

Trampo feito em parceria com outra grande banda paraense chamada Inferno Nuclear, em 2011 lançaram uma compilação chamada "Terror Nuclear - Shadows of Violence" e em 2013 a banda lançou seu Full-length intitulado "The Final Sentence", pela Distro Rock Records.



Esse show de abertura para o Exodus marcou o início da segunda turnê Internacional da banda, apesar de ser o segundo show da tour, já que o primeiro aconteceu em Bragança no dia 13 de Setembro.





Desta vez o ataque será na America do Sul, passando por países como Colômbia, Equador Peru e Bolívia... "The Final Sentence Tour"... Quer mole ou quer mais???

A apresentação da banda Disgrace And Terror foi PANCADA do início ao fim, deixando os headbangers em ponto de bala para o que viria a seguir.

Os vocais de Roterdan Marinho ecoaram de uma forma feroz e pujante, singrando o ambiente uma hora no mais destruidor gutural e outra em um vocal rasgado vigoroso e cortante.
Primeira vez que vejo o Roterdan Marinho cantando e tocando e posso dizer que não fica devendo pra nenhum baixista e vocal que conheço, muito pelo contrário, achei muito POWER a performance dele nesse show.
Assim como também achei muito PHODA ver o meu nobre Vinícius Carvalho destroçando os riffs infernais do Disgrace. Só não fiquei mais surpreso porque já saco o potencial do Vinícius bem antes dele assumir a guitar do Disgrace.

Na cozinha o grande batera Aldyr Rod "Rato" não deixa a peteca cair um segundo sequer... O brother parece que está ligado em uma tomada de 220 Vots.










Destaque para as musicas "Human Remain", "The War" e "Outbreak of Evil" da banda Sodom(Vídeos).






Intervalo para registrar a galera e esperar a lenda tomar o palco do Botequim!







Apesar de já ter um público bom dentro do local e que prestigiou o evento TODO, muita gente ainda se encontrava do lado de fora, a maioria na enorme fila que se formou em frente ao Botequim, a qual o leitor pode perceber nas fotos e no vídeo logo abaixo.




Realmente depois que fiz esse vídeo percebi que esse evento ia ultrapassar o Destruction no que se refere ao numero de Roqueiros e Roqueiras que em plena Quarta Feira estavam lá para prestigiar a lenda.




As gatas do Metal Pará estavam todas lá também enchendo a cena com a beleza peculiar das Roqueiras paraenses.

Brancas, morenas, ruivas, loiras, baixas, altas, magras, gordinhas, solteiras, casadas e até mães e filhas...


Até nisso a nossa cena esta cada vez melhor, a presença feminina hoje não se compara nem em numero nem em beleza como era nas antigas.

Onde os cuecas podiam contar nos dedos as gatas que apareciam nos rolês, principalmente relacionados ao metal.

Hoje a parada é diferente, as gatas estão mais seguras de seu espaço dentro da cena, tem até a Associação Valkyrias Rock Brasil que é formada apenas por mulheres que curtem ROCK, com o objetivo de promover eventos.


Até o Litrão do Rock estava com uma gata por lá... Heheheh!! O brothers Marcos e jorge descolaram uma loira pra vender as loiras do Litrão já que os dois não podiam perder o show da lenda!!!... Heheheheh!


Não demorou e Steve "Zetro" Souza, Gary Holt, Lee Altus, Jack Gibson e Tom Hunting tomam de assalto o palco do Botequim e troxeram diretamente do ano de 1985, a musica "Bonded by Blood" que abriu o show.


Os headbanger's foram a beira da loucura e receberam a banda com um entusiasmo tão PHODA que cheguei a me arrepiar e por alguns minutos tive um misto de DEJAVU e do show do Iron Maiden mas só que com o Exodus... Sei nem explicar direito, só sei que a energia foi muito parecida
.

No rabo da primeira musica sem nem respirar direito os caras mandaram "Scar Spangled Banner" que triturou os tímpanos do público presente, e que publico meu caro leitor, que público!!!


Durante o show inteiro a interação do público com a banda foi indescritível e a cada hit tocado era uma verdadeira explosão de gritos, pulos, moshs e o cara... Heheheh!!





Uma pena a qualidade da equalização ter "caído" em relação ao show do Disgrace And Terror e foi caindo ainda mais durante o tempo.





Porém, o mix de adrenalina e emoção em estar presenciando o show de uma lenda viva em nossa querida Belém era incomensuravelmente maior...






Até mesmo porque a massa estava alucinada e cantava quase todas as musicas junto com a banda e teve papel importantíssimo para que mesmo com o som não muito bem equalizado o evento se tornasse o SUCESSO que foi!!


O set list passeou por várias fases da banda, com músicas como "The Toxic Waltz" e "Fabulous Disaster" que são do terceiro ámbum de estúdio da banda (Fabulous Disaster) lançado no ano de 1988.


Assim como  "Iconoclasm" e "Good Ridance", estas dos álbums"The Atrocity Exhibition: Exhibit A" lançado em 2007 e "Exhibit B: The Human Condition" lançado em 2010 respectivamente.




Diversos clássicos foram executados, e a sequência "Fabulous Disaster", "children of a worthless god" e "Piranha" foi matadora. Uma pausa rápida e mandaram "Pleasures of the Flesh" e ""A Lesson in Violence", esta do álbum "Bonded By Blood" que é o maior disco da banda, devendo estar obrigatoriamente em qualquer lista tipo ''top 10'' do Thrash Metal mundial.

E esse foi o álbum mais executado nesse show que também contemplou "And Then There Were None", "Metal Command", "Piranha" e "Strike of the Beast", alcançando seis musicas das nove que compõe o álbum.

Infelizmente os caras não executaram nenhuma do novo álbum "Blood In, Blood Out", CD que "oficializa" o retorno do vocalista Steve ''Zetro'' Souza a banda e que foi lançado no dia 14 de Outubro de 2014 pela Nuclear Blast, sendo o primeiro lançamento da banda com Steve "Zetro" Souza desde o "Tempo of the Damned" do ano de 2004.
O álbum também conta coma participação especial do guitarrista original Kirk Hammett, que gravou um solo na musica "Salt the Wound" e também do vocalista da banda Testament, Chuck Billy na musica ''BTK''.


Mr. Gary Holt é um show a parte, em alguns momentos ele se mostra com uma expressão séria, parecendo estar com raiva...





Em outros momentos ele já abre os braços e manda aquele sorriso e pede pra galera agitar.







E mesmo quase que o tempo inteiro na frente de um ventilador o cara suava que dava gosto... Hhehehheh!!! o Calor da Manga City somado ao calor do público, não deram trégua em nenhum momento. O sistema de ar condicionado do Botequim nem tchu!!!

Destaque para as musicas "And Them There Were None", "Piranha", "Fabulous Disaster" e "Good Riddance" (Vídeos).

E assim foi mais um evento de sucesso absoluto produzido e organizado pela Leprosys Produções, desta vez em parceria com a CD Rock e o Botequim.






Meus parabéns em especial para o meu brother André Bocão da Leprosys e Distro Rock, que a anos mete a cara junto com o brother Stefan e sempre trazem atravez da Leprosys excelentes bandas para nossa cidade!!! Parabéns "Demônio"!!!!... Hehehehh!!!





Parabéns também a todos que apoiaram o evento de alguma forma e mais uma vez parabéns ao público INSANO que compareceu e fez a diferença!!

E que venha o Destruction novamente... Só que agora com Wiplash e Anúbis!!!... Vai ser outro evento PHODÁSTICO!!!

Assista aos vídeos abaixo, confira todas as fotos desse evento clicando no cartaz no topo desta postagem e COMPARTILHE a mesma em sua rede de amigos no Facebook e ajude a divulgar a sua cena!!

Vídeos:

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

IV BNVS - 28/09/2014

Domingão de sol, céu limpo e o Pedroca parecia nem aí pra galera do ROCK... Nem sombra de chuva e as explosões solares estavam dominando o dia... Heheheh!!

Passei boa parte da manhã me preparando para cobrir a "parte ROCK' da quarta edição do BNVS Fest.










Pra quem não saca e BNVS - Vestival de Musica Alternativa de Benevides é um projeto criado e desenvolvido pelo coletivo Pé Na Porta e tem como objetivo levar "A Cultura Musical Alternativa, produzida na cidade e arredores, principalmente das cidades que fazem parte da área metropolitana de Belém, e que de uma forma ou de outra se encontram fora dos grandes esquemas e de grupos que monopolizam a mídia cultural...

Dificultando o acesso aqueles que produzem música sem o apelo dos modismos impostos pela cultura de massas. com o foco na disseminação da não violência nos espaços públicos."






Nesta edição, além do ROCK que é parte intrínseca e dominante do projeto, foram contemplados também diversas outras atividades onde em sua maioria foram realizadas pela parte da manhã e algumas se estenderam até a noite.

Uma exposição de CARROS e MOTOS só o filé pra quem curte a vibe da velocidade motorizada ou se embrenhar nas trilhas mata a dentro e vencer os obstáculos da natureza.



Estavam presentes vários motoclubes, jipeiros, trilheiros e colecionadores de carros e motos.
Rolou ainda DJs,  C.O.T., Garras Socorristas, Tatuagem, Piercing, Rapel,Tirolesa, Capoeira, Freestep, Paint Ball, Skate e Malabares.

Um carro enviado pela produção veio me buscar em Belém e por volta do meio dia eu estava por lá registrando o evento como um todo e aguardando dar início a programação com as bandas.




E por falar em bandas, é pertinente uma observação com relação ao cast do evento. A banda Mitra infelizmente não pode participar por motivos de força maior (viajem a trabalho de integrantes) e devido a um ruído entre a comunicação da banda com a produção o cast continuou o mesmo.

Eu mesmo só fiquei sabendo na véspera do evento através de nosso perfil no Facebook, onde recebi a informação diretamente do meu nobre Edu Souza que é vocalista e frontman da Mitra.

A banda Audioativa também não compareceu e não fiquei sabendo o motivo. Porém, a produção tinha uma carta na manga.

As bandas Resistência Suburbana e Die For estavam de stand by e acabaram aproveitando a oportunidade para fazer grandes apresentações.



Por volta do meio dia um carro enviado pela produção do evento veio a Belém especialmente para me buscar e me levar até o local do fest.





Em poucos minutos de estrada e um bom papo com os brothers Janderson Abrahão e Cleyvismar Begot, mais conhecidos na cidade como Jan e Vivinho respectivamente e não demorou estávamos em Benevides, mais precisamente no ginásio de Benevides que fica no Complexo Poliesportivo - NAGIBÃO, o qual fica na Av. Joaquim Pereira de Queiroz, ao lado da Praça Bambuluar.


Fui muito bem recebido pela organização do evento e me encaminhei direto para o ginásio a fim de posicionar minha câmera Nº02 fixa em um tripé onde eu pudesse capturar uma imagem do palco em sua totalidade.



O intuito erá de fazer imagens de uma musica da banda Mitra e outra da banda Retaliatory com essa câmera gravando fixa e eu com a câmera Nº01 na frente do palco fazendo algumas tomadas em close e posteriormente editar essas imagens e produzir um vídeo mais elaborado.

Já que a banda Mitra infelizmente não pode participar do evento restou a alternativa de fazer o "experimento" somente com a banda Retaliatory... Em breve estarei postando o resultado dessa onda!


Segui para os altos do ginásio, onde fica duas salas, uma copa/cozinha e uma área livre, onde posicionei a câmera Nº02 e deixei o resto do equipamento acondicionado em uma das salas, peguei a câmera Nº01 e desci para fazer um reconhecimento de todo o espaço que estava sendo utilizado para o Fest.


De um lado várias barracas com comidas e bebidas diversas, do outro motos e triciclos enfileirados a exposição. Uma barraca da Patrulha Paintball que tem o maior  Complexo de Paintball do Norte do país!!

Segui pela lateral do ginásio, onde as motos estavam perfiladas e avistei uma barraca onde se aglomeravam vários Moto Clubes, com destaque para a galera dos Abutres e no alto da barraca tinha um banner onde se podia ler: Palco Imundo.
Essa barraca era exclusiva dos moto clubes (Abutres) e lá, além do bom e velho churrasco e a venda de material promocional dos Abutres (Camisa, boné, chaveiro, adesivo e etc).





Tinha também a banda "Sem Condições" que é formada por integrantes do moto club que são músicos também ou tocam alguma coisa e a brincadeira esta feita.




Bem em frente ao "Palco Imundo" foi construída em tempo record uma pista de Velocross.








O Velocross é uma modalidade esportiva em que são utilizadas motos Trial ou Off-Road, usadas também no Cross Country, Enduro de Regularidade e no Motocross.





A grande diferença está na preparação das motos e no tipo de pista em que essa modalidade ocorre.







Quanto as motos o objetivo é garantir maior potência, aceleração e velocidade em detrimento da suspensão, pois, no Velocross, ao contrário do Motocross "tradicional" não há obstáculos como saltos, duplos, triplos, mesas, costelas e outros, que exijam uma boa suspensão para absorção de choques.


Quanto as pistas, elas são de média para alta velocidade, com traçados sinuosos e muitas curvas. Devem ser gradeadas, niveladas e molhadas para maior proteção dos pilotos.

A movimentação nessa pista rolou o dia inteiro desde que cheguei ao local e varou a noite como o leitor(a) poderá conferir no vídeo abaixo.


  

Mais umas fotos com a galera do Abutres e outros moto clubes e não demorou para que eu escutasse os preparativos para a primeira banda de ROCK do fest.




E a programação das bandas do IV BNVS teve início com a banda Resistência Suburbana.








Pra quem não saca a banda Resistência Suburbana é uma banda de Street Punk formada na década de oitenta, mais precisamente no ano de 1983.




Influenciados por bandas como Ramones, Motorhead, Sex Pistols, Exploited, Garotos Podres, Inocentes, Replicantes entre outros, os caras fazem um som na linha Old School.
A banda foi formada por remanescentes da banda "Consciência Pesada" e inicialmente batizada de "Molambos".


Por volta do ano de 1988, para se adequar mais ao contexto de "luta operária", que é um dos grandes motes da banda, os caras passam a se chamar Resistência Suburbana.

A banda singrou três décadas mantendo-se fiel ao seu estilo e as letras das musicas expressam a forma direta e contestadora que a banda tem de "ver" o país.






Sua formação atual conta com  José "Matagato" Gomes no Vocal, Edson Redivan e Franklin Dias nas Guitarras, André 77 no Baixo e Nathan Rothchild na Bateria.

Destaque para musica "Poluição"(Vídeo).


Uma pausa pra molhar a garganta e fazer umas imagens de mais uma atividade que rolou por lá pelo fest...






Além da tirolesa que era feita através de um cabo que foi esticado dentro do Ginásio, ou seja a galera que ia na tirolesa atravessava o ginásio em sua diagonal.





Pelo lado de fora do ginásio, assim como na tirolesa, tinha uma equipe responsável pelo rapel e ai eu fiz umas imagens.


De volta ao front para fazer um registro da banda Cancrosy de Sta. Izabel do Pará.







Formada no inicio de 2014, a banda Cancrosy também é independente, autoral e faz um Thrash Death Metal de responsa.











A banda conta com Gil luz no Vocal e Contra Baixo, Pedro Rafael na Guitarra Solo, Ander Proteus na Guitarra Base e Baking Vocal e Dhio Zephing na Bateria.




Espero ter a oportunidade de ver essa banda novamente em ação e assim poder sacar mais sobre os caras.

Destaque para musica "Escravizados" (Vídeo).




Na sequência sobe ao palco do IV BNVS a banda Capela Mortuária diretamente de Marituba.







Formada no ano de 2008 por Gilberto Gurjão e Micha mendes com a proposta de fazer um som bem diferente do  que era "usualmente" produzido no estado do Pará.


Valendo-se de letras fortes e pesadas, baseadas em lutas épicas entre o BEM e o MAL, entoadas com o vocal gultural e também com o vocal limpo.

A capela Mortuária já participou de vários Festivais como CCAA fest, Rock contra Fome I, Dia Mundial do Rock em Barcarena, 1º Mari Rock dentre outros.



A banda conta atualmente com Gilberto Gurjão no Vocal Gutural e na Guitarra, Thamara Pereira no Vocal Limpo, ressaltando que ela já fez parte de outra formação da banda e está retomando seu lugar tendo sua "re-estreia" no 1º Mari Rock... Arthur HellHound no Baixo e Rafael Freitas na Bateria.

Essa formação varia de acordo com o evento e com a disponibilidade dos integrantes, como por exemplo neste evento a banda se apresentou sem a minha linda Thamara Pereira e o set list foi focado mais nas musicas onde o meu nobre Bruno Gurjão atua.

Destaque para musica "Olhos de Anjo"(Vídeo).

E o ROCK não para nesse fest!... Seguindo a programação toma o palco a banda Holy Hammer.








A banda é de Outeiro e é o segundo registro que faço dos caras, sendo que o primeiro foi no 2º Rock Full Em Icoaracity na casa de shows "Coisa de Nego" que fica em Icoaraci.



Os caras mandam bem nos cover's, mesmo tendo dificuldade para se reunirem, ensaiarem e trocar ideias, pois o vocal mora em Belém atualmente e o restante da banda em Outeiro.

Formada por Will no Vocal, Jerbe e Gleyson nas Guitarras, Bruno no Baixo e Deymisson na Batera os brothers de Outeiro botaram pra quebrar e levaram clássicos do Dio, AC/DC, Black Sabbath dentre outros.

A galera pirou e só faltou mesmo o trampo autoral, o qual "cobro" do vocalista Will desde que fiz o primeiro registro da banda e que você poderá ver clicando AQUI!

Destaque para musica "Iron Man" do Black Sabbath(Vídeo).

Um giro rápido dentro do ginásio e umas fotos da galera e do espaço de Tatuagens e Piercings.



Realmente rolou muito mais que o ROCK nesta edição. A organização soube aproveitar o espaço ao máximo e em pouquíssimo tempo.






Seguindo com o ROCK, chega a vez da banda Die For dar o seu recado e mandar ver sua sonzeira no pé da orelha dos roqueiros e roqueiras presentes.




Os caras fazem um Thrash Death simples, porém bem peculiar e visceral 









Formada no ano de 2008 pelos irmãos Edison Santos e Edivaldo Tarta e mais o amigo Davd Dead com a proposta inicial de produzir Doom Metal com letras em inglês.







De lá pra cá a banda passou por algumas mudanças em sua formação assim como na proposta de estilo que agora segue focado mas vertentes Thrash e Death e com letras no bom e claro português.





A formação atual ainda conta com os irmãos Edson Santos na Batera e Edivaldo Tarta no Contrabaixo. Para completar o time temos Gabriel Castro e Renan Bastos nas Guitarras e Selrahc Noctunals no Vocal Drive Death!!!

Destaque para musica "Escuro" (Vídeo).



Mais algumas otos do ótimo público que compareceu, alguns aproveitaram o domingão de sol e vieram cedo curtir as várias atividades.





Outros vieram mesmo para ver a programação com as bandas de ROCK e todos se divertiram a valer.




E mais uma vez no front, desta vez para registrar a banda anfitriã... Razga Mortalha!!!






A banda já tem um bom tempo de formação, pois surgiu em meados do ano de 1999, com foco principal no Thrash Metal oitentista.

A formação já passou por diversas variações e atualmente é um power trio ou um quarteto, dependendo da ocasião.


Neste evento a formação foi David Souza no Vocal, Roger Andreiev  no Contrabaixo, Thiago Costa na Guitarra e Victor Nunes na Bateria e que a pouco tempo também assumiu as baquetas da banda Retaliatory.


A banda investe em um trampo autoral e além do Thrash Metal os caras brincam com misturas sonoras de bandas tipo Body-Count, Prong, Biohazard, e outras.




"As letras são poesia, sem grandes enganjamentos, só poesia, ácida e corrosiva, como deve ser toda a poesia...Lutas e reflexões sobre dramas pessoais e psicológicos são os temas da banda Razga Mortalha, além da busca por climas etéreos e épicos nas melodias.


Além das autorais a banda levou alguns covers que levaram a galera ao inverno!!!... Heheheh!!
Destaque para musica "Symptom of The Universe" do Black Sabbath (Vídeo).


E sem perder tempo chega a vez da banda In Dúbio Pro Hell.








A banda (projeto) nasceu no ano de 2005 e o objetivo era reunir músicos de qualidade que tivessem entre si um forte vinculo de amizade.





A ideia básica é manter viva a musicalidade dos grandes clássicos do Heavy Metal.
Os integrantes tem como principal influencia a banda inglesa Iron Maiden e a considera uma das melhores bandas do mundo... Eu também!!!... Heheheh!!



De 2005 pra cá, vários músicos participaram do projeto e a banda teve como sua primeira formação os músicos Wellington Chaves e Joaquim Barata nos Vocais, Joelson e Alvaro Nelson nas Guitarras, Roger Andreiev no Contrabaixo e Marcus Franco na Bateria.

Tiago Costa (Guitarra) e Victor Nunes (Bateria) também participaram do projeto In Dúbio Pro Hell.

Atualmente a banda conta com Wellington Benevides e Junior Barata nos Vocais, Kiko Esquilo e Carlos Eduardo nas Guitarras, Deyvid Samy no Baixo e Backing vocal, Jonas Souza no Teclado e Doty Begot na Bateria e Backing vocal.

O foco da banda hoje é continuar mantendo VIVA a motivação que levou a criação do projeto que é o Rock Clássico e também começar a produzir trabalhos autorais.

Destaque para musica "Mr Crowley" do Ozzy Osbourne (Vídeo).

E eis que chega a vez da grande banda do fest... RETALIATORY!!!







Como já mencionei acima, já deixei a câmera Nº02 preparada para captar as musicas que a banda escolheu para os vídeos.

Desci e me posicionei na frente do palco com a câmera Nº01 em punho para fazer as imagens em "close" e depois das musicas combinadas eu tirei umas fotos da banda em ação.
Quando o Retaliatory está em um palco, está com a banda também todo o peso e velocidade de um thrash metal com quase 25 anos de experiência.

Com sua performance clássica, porém de estilo inconfundível e com os graves do vocal gutural do brother Gledson Moita a banda já se apresentou ao lado de bandas como: Krisiun, Torture Squad, Funeratus, Distraught, Deadly Fate, Eternal Darkness 666, Warpath, Disgrace and Terror, Unearthly, HeadHunter DC, Violator, Obskure, dentre outras tantas!... Os caras arrebentam mesmo!!!!

A banda emergiu na cena paraense em 1990 com uma sonoridade baseada no Thrash Metal e no Death Metal e fortemente influenciada por bandas como Slayer, Death e Sepultura.



O "Retalia", como os "íntimos' chamam a banda, conta atualmente com Gledson Moita no Vocal, Luciano Arakaty e Espeto Alfaia nas Guitarras, Lendl Oliveira no Baixo e Victor Nunes na Batera.

De acordo com a programação do fest, a próxima banda a se apresentar no palco do IV BNVS seria a banda Demência de Castanhal e na sequencia a banda Thunder Spell do meu PARÇA Hugo Andrey.

Porém, infelizmente, no decorrer da apresentação da banda Demência dois DEMENTES se estranharam na roda e não puderam conter seus instintos PRIMITIVOS e acabaram por trocar agressões físicas e logo esse pequeno DESVIO DE CONDUTA cometido pelas duas partes envolvidas se transformou em um grande tumulto que graças a produção e a segurança do evento foi rapidamente "contido".

Eu particularmente fiquei MUITO PUTO com a cena que vi dessa confusão do JARDIM DE INFÂNCIA e em breve estaremos lançando uma campanha em nossa rede no Facebook e a "violência" será o FOCO!!!

Só pra ficar no ar..."SOMA ou SUMA!" 
Nessa PALHAÇADA dos caras que não sabem se divertir com RESPEITO ao evento, as bandas e ao grande PÚBLICO que circulou e esteve prestigiando o evento desde cedo...

Uma Roqueira de outra cidade que veio pra Belém assistir ao show da banda EXODUS, estava presente em Benevides a convite da banda Thunder Spell e na hora da confusão ela se viu cercada e pra se "defender" sacou um spray de pimenta da bolsa e mandou ver!!!

Para infelicidade da jovem um dos jatos por ela desferido atingiu um policial que estava contendo o tumulto...
Resumindo... A jovem teve de prestar esclarecimentos na delegacia da cidade e a banda Thuinder Spell cancelou sua apresentação para poder dar auxilio a sua convidada




No entanto a banda Demência levou seu show até o final com um Hard Core violentíssimo e cheio de energia mas infelizmente quase sem fotos... Mas rolou um vídeo.

Antes da apresentação dos caras eu combinei com eles em fazer um vídeo com a câmera Nº02 e portanto estava nos altos do ginásio a postos para apertar o REC quando fosse dado o sinal combinado vindo do palco.



Gravei então o vídeo da musica "Criança Esperança" que você poderá conferir junto aos outros vídeos gravados neste evento no final desta matéria.


A banda DEMÊNCIA conta com Naderson Stelio no Vocal, Gledson Gaia "Crow" na Guitarra, Adailton Bezerra "Gordo" no Baixo e Claudio Sena "Camões" na Batera.

E assim foi a quarta edição do maior festival de music alternativa de Benevides e região... BNVS!!!


Parabéns ao coletivo Pé na Porta pela estrutura oferecida e pela organização e numero de atrações, são eventos desse nível que fomentam a cena ROCK do nosso estado de forma.

Foi perceptível o comprometimento de todos envolvidos na organização, produção e apoio ao evento.









Parabéns também a Prefeitura Municipal de Benevides por apoiar este evento que só tem a agregar valor a cidade.

Assista aos vídeos abaixo, confira todas as fotos desse evento clicando no cartaz no topo desta postagem e COMPARTILHE a mesma em sua rede de amigos no Facebook e ajude a divulgar a sua cena!!

Vídeos:




























Links Relacionados:

Retaliatory:
https://www.facebook.com/retaliatory.deaththrash
https://www.facebook.com/Retaliatory
https://soundcloud.com/retaliatory
https://wwwtwitter.com/retaliatory666

https://myspace.com/retaliatory

Mitra:
http://www.mitraheavymetal.com/
http://www.myspace.com/mitraheavy

http://www.facebook.com/Mitraheavymetal

Thunder Spell:
http://www.thunderspell.xpg.com.br/

https://www.facebook.com/thunderspell
https://www.facebook.com/thunderspellmetal

https://myspace.com/thunderspell


Razga Mortalha:
https://www.facebook.com/Razgamortalha

https://www.facebook.com/razga.mortalha.96
https://www.youtube.com/channel/UCs5SsBvHAmvQzst7u0LrGjQ

Demência:
https://www.facebook.com/bandademencia.demencia

https://www.facebook.com/pages/DEM%C3%8ANCIA/276161775737557

Resistência Suburbana:
http://www.resistenciasuburbana.tk/
https://www.facebook.com/pages/Resistência-Suburbana/387552537995588

Die For:
https://www.facebook.com/dieforbatalha.diefor

https://www.facebook.com/pages/DIE-FOR/240468876108592

In Dúbio Pro Hell:

AudioAtiva:

Cancrosy:
https://www.facebook.com/pages/Cancrosy/761557990556713

https://www.facebook.com/pages/Cancrosy/1560683710819670

Holy Hammer:
https://www.facebook.com/pages/Holy-Hammer/653723958011539

Capela Mortuária: https://www.facebook.com/gilberto.gurjao



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...