domingo, 18 de maio de 2014

Marky Ramone & Michale Graves (Misfits) Em Belém - 11/05/2014

Desde que a Xaninho Discos Falidos fechou a cobertura do blog Metal Pará para o show do Marky Ramone & Michale Graves em Belém que eu estava numa ansiedade POWER!!






Cheguei cedo no Fronteira e os camisas pretas já faziam volume na frente da casa, anunciando o que eu já previa... Um evento PHODÁSTICO!!!


Afinal não é todo dia que temos a oportunidade de prestigiar e cobrir um evento onde duas lendas vivas do ROCK se apresentam juntas. Ainda mais quando se fala em RAMONES!



Para que todos saquem do que eu estou falando vou fazer um breve comentário sobre essas lendas vivas ao lado de imagens que fiz da galera que compareceu a esse evento "histórico".

Marky Ramone:

No comando das baquetas e compositor do RAMONES por quase 15 anos, Marc Bell, nascido em New York no dia 15 de Julho de 1956 e mas conhecido como Marky Ramone...

Juntou-se a banda ao lado de Joey, Johnny e Dee Dee no ano de 1978 sendo integrante da formação mais longeva da banda. Tendo deixado a mesma no ano de 1983 e retornado em 1987, permanecendo até o fim do RAMONES em 1996.



Antes de se tornar um "Ramone", Marky foi baterista do Dust, uma das primeiras bandas norte-americanas de heavy metal e ao longo de sua carreira, "pré e pós" RAMONES, também participou de outros projetos como: Richard Heel & The Voidoids, Wayne County and The Backstreet Boys, Marky Ramone & The Intruders, onde gravou dois discos...

The Remainz, onde gravou o único disco da banda, da banda homônima de Dee Dee Ramone, onde gravou o Zonked/Ain't It Fun,  acompanhou Joey Ramone em seu projeto solo, Don’t Worry About Me, participou do disco Éramos 4 da banda Raimundos...

Em 2001, entrou para os MISFITS, e a reunião dessa banda que ocorreu em 1995,  passou a ser também um "revival" das musicas clássicas dos Ramones, com um repertório "mezzo a mezzo", metade com musicas do MISFITS e metade com musicas do Ramones.

Em 2004 lançou um DVD do Ramones intitulado Ramones RAW, onde o conteúdo e formado por vídeos caseiros banda mostrando a convivência dos integrantes no final dos anos 80, e no começo dos anos 90, alguns clipes e cenas de shows.



Em 2005 Marky saiu da banda para se dedicar a outros projetos como o Marky Ramone Blitzkrieg, Jerry Only e companhia continuam com o "MISFITS" até hoje.



Em 2006, gravou com a banda de punk rock brasileira TEQUILA BABY o disco ao vivo "Tequila Baby e Marky Ramone ao vivo"

Resumindo... MARKY RAMONE, o baterista e compositor que por mais tempo foi o responsável pelas baquetas da maior banda de punk rock da história... RAMONES!!!


Michale Graves:

Nascido em 21 de Março de 1975 no estado americano de New Jersey, Michael Emanuel, mas conhecido pelo seu nome artístico MICHALE GRAVES iniciou sua carreira de vocal e compositor em 1990 na banda BAMBI SLAM até 1993.

Passou um ano com a banda VALMONT e um tempinho com os MULCH, entrando logo em seguida no MISFITS onde além de cantar contribuiu com varias composições, tais como: "This Island Earth", "Resurrection" , "The Haunting", "Witch Hunt", "Fiend Club", "Dig Up Her Bones" , "Shining" , "Saturday Night", "Fiend Without A Face" e muitas outras. 

Deixou o MISFITS oficialmente no ano de 2000 e retornou rapidamente em 2001 para a turnê M25 como "vocalista convidado"
Mais tarde DR. CHUD (Baterista do MISFITS) que deixou a banda junto com MICHALE, formaram a banda GRAVES que gravou somente um álbum intitulado "Wheb of Dharma".

Com a saída de DR. CHUD, MICHALE "rebatiza" a banda com o nome de GOTHAM ROAD e com ela fez algumas turnês pelos Estados Unidos e gravou um LP (Seasons of The Witch).




Dai pra cá tem se dedicado a sua carreira solo tendo gravado dois álbuns "Punk Rock Is Dead" e "Return To Earth" e mais um álbum Illusions em colaboração com DAMIEN ECHOLS.



Participa a mais de 4 anos do projeto Marky Ramone Blitzkrieg e no ano passado (2013) lançou seu novo álbum solo chamado "Vagabond".




Quanto ao Guitarrista e ao Baixista que completam o projeto, já não são tão "lendas" assim... Heheheh... muito pelo contrário, tive dificuldades de confirmar o nome dos caras devido a varias mudanças na formação do projeto, principalmente no que tange turnês pela America do Sul, onde a produção agrega integrantes, digamos que, mais "continentais" e desta vez não foi diferente e as funções de guitarrista e baixista foram preenchidas por Marcelo Gallo e Alejandro Tannen.

Até na pesquisa para desenvolver essa resenha os baixistas e guitarristas que participaram do projeto são pouco ou nada citados e cheguei a ler  que "a orientação que todos eles tem é tipo:...




“Nada de passear ou correr pelo palco”, ficando assim com suas performances limitadas em ir para a frente e para trás em linha reta, seguindo a "regra implantada" por Johnny Ramone ainda nos primórdios do grupo em New York.


Agora acho que já deu até pro leitor mais "leigo" a respeito de RAMONES e MISFITS perceber a importância desse evento aqui em Manga City. Portanto agora vamos falar do evento em si.



Abrindo essa noite MEMORÁVEL tivemos a banda paraense de Hardcore LICOR DE XORUME que fez o esquenta da galera, e que esquenta meu amigo!!!... Show POWER  dos caras!!


Contando com Fabrício Mucura no Vocal, Vedita na Guitarra, Vevé no Baixo e Daniel Lesão na Batera, os caras do L.D.X. mandaram ver no nosso já conhecido CATUABACORE... Heheheh!!







Formada no ano de 2001, os caras fazem um som de protesto politico social com um chablau de humor onde a influencia "oitentista" é notória.
A banda lançou uma DEMO em 2003, "Lixo Humano" e em 2010 gravou e lançou dois SPLITS, um com a banda paulista UTI intitulado "Destruição além da cevada" e outro com a banda colombiana PVC, Brasil x Colômbia.

Destaque para as musicas "Meu Voto Nunca Mais" e "Armas Biológicas (Vídeos).






Uma retirada estratégica para uma breja geladíssima no Litrão do Rock com os meus brothers Marcos e Jorge que mais tarde também assistiram o show do Marky e cia de boa.




Um giro pra fazer umas fotos da galera tanto dentro quanto fora, sendo que a casa já estava quase lotada, porém, do lado de fora ainda tinham alguns tomando uma birita e conversando, fazendo hora para a atração principal e outros ainda comprando ingresso para o evento.


E não demorou para que a segunda atração da noite, a banda MOLHO NEGRO tomasse o palco do Fronteira e começasse a disparar seus hits frenéticos e bem humorados seguindo a linha do simples e direto com letras igualmente simples e sem rodeios onde o talento dos músicos ganha destaque e o power trio mostra que tem personalidade, técnica, carisma e musicas do tipo "chiclete de ouvido"... Heheheh!!

Contando com João Lemos no vocal e na guita, no bass Raony Pinheiro e na “cozinha” o cheef Augusto Oliveira é que bate nas panelas e quebra os pratos e é esse trio que manda ver o Rock Garage mais "sex appeal" da Amazônia... Hehehe!!






Rolou também a participação especial do brother Zé Lucas cantando a musica "Rui Barbosa"... Pra quem não saca o Zé Lucas é vocal da banda A Red Nigthmare e ex vocal da All Still Burns.




Já na reta final do show dos caras o meu nobre João Lemos lança sua guitarra em direção ao publico que segura a guita até que o João a PUXE de volta...




E assim chegou ao fim mais uma senhora apresentação do MOLHO NEGRO!

Destaque para as musicas "Uh Baby!" e a novíssima "Concurso" (Vídeos).




Mais um recuo estratégico para uma reidratação providencial, desta vez não no Litrão do Rock, mas com a galera do Litrão dentro do Fronteira!!




Depois de uns dez minutos tratei de me posicionar na frente do palco do Fronteira, mais precisamente entre a grade e o palco, no intuito de fazer vídeos do início do show dos caras e bem de pertinho.

Mais cinco ou dez minutos e começa a rolar a musica “The Good, The Bad, The Ugly” exatamente como costumava ser nos shows da banda RAMONES.











E eis que de súbito entram no palco o baixista Alejandro Tannen e o guitarrista Marcelo Gallo, seguidos de MICHALE GRAVES E MARKY RAMONE que vai com GRAVES até a frente do palco e antes de tomar seu posto cumprimenta o publico acenando e jogando beijinhos.

Nessa hora eu estava com uma das mãos e um dos pés segurando a grade dando uma forcinha a mais para os seguranças e cuidando para não ser esmagado pela grade e na outra mão eu segurava a câmera tentando filmar o que podia.



Nesse "impasse"... Soltar ou não soltar a grade... Eis a questão, fiquei as três primeiras musicas ali naquela situação tipo "Um olho peixe e outro no gato"... Ai GRAVES... Heheheh!!!

Foram "Rockway Beach", "Teenage Lobotomy" e "Psycho Therapy".

Ai reparei que o baixista puxava as musicas contando... One... Two... Three... Four e foi ai que pensei...






"Tenho que sair daqui antes que ele termine a contagem e assim tentar evitar a reação do publico após a contagem que é quando se percebe qual vai ser a musica e a adrenalina sobe..."



Porém antes de findar a contagem o publico está, na maioria das vezes, meio que "relaxado" já na expectativa do fim da musica e como o show estava nos moldes do RAMONES era uma musica no rabo da outra...


Ou seja, minha "fuga" tinha que ser rápida e rasteira já que eu ia ter que me abaixar e passar por baixo dos braços dos seguranças que estavam segurando a grade.




Em fim consegui sair do sufoco e dei uma volta pelo salão do Fronteira fazendo fotos e presenciando aquela mistura de felicidade e emoção da galera por estar curtindo um show desse "nível" e o primeiro bloco seguiu com...




"Do You Wanna Dance?", "I Don’t Care", "Sheena Is A Punk Rocker", "Havana Affair", "Tomorrow She Goes Away", 'Commando", "I Wanna Be Well", "Beat On The Brat", "53rd & 3rd", "Now I Wanna Sniff Some Glue", "Gimme Gimme Shock Treatment", "Rock And Roll High School", "Oh Oh I Love Her So", "Judy Is A Punk", "I Believe In Miracles" e terminou com "The KKK Took My Baby Away".


Uma pequena pausa e rapidóla a banda retorna para o segundo bloco com grandes sucessos dos RAMONES como a matadora Pet Sematary" seguida por "Chinese Rock", "I Wanna Be Sedated", "Loudmouth", "I don't Wanna Kalk Around with you" e finalizando com "Pinhed" e o coro da galera gritando Gabba Gabba Hey... Gabba Gabba Hey... Gabba Gabba Hey...

Depois de um bloco FUDEROSO desse com vários hits do RAMONES, a banda se retira e MICHALE GRAVES toma o palco só com um violão e leva algumas musicas do MISFITS em versões acústicas que quebram um pouco a ADRENALINA e não agradaram muito os mais radicais porém a galera acabou por se deixar contagiar e até entrou na onda cantando alguns trechos junto com GRAVES e eu aproveitei pra fazer mais imagens do publico POWER que compareceu em peso ao evento.

Seguindo a programação a banda toda volta para tocar o último bloco que começou com "Do You Remember Rock 'N' Roll Radio" e seguiu com "I Just Want To Have Something To Do", "She’s The One",  e "California Sun" até que rolou uma versão "punk" de "Have You Ever Seen The Rain" do CREEDENCE CLEARWATER REVIVAL que a galera aprovou e cantou juntinho com GRAVES.
E o último bloco termina com as musicas "Cretin Hop" e "R.A.M.O.N.E.S."!

Último intervalo e pra alegria da galera a banda retorna para o BIS com nada mais nada menos que três musicas PHODÁSTICAS... Life’s A Gas", uma versão firme de "What A Wonderful World"  de  LOUIS ARMSTRONG e  a tão esperada "Blitzkrieg Bop" e que fez a galera ensandecer de vez e o show terminou com um clima bem pra cima onde todos pareciam estar satisfeitos com o que eu pessoalmente considerei uma noite MEMORÁVEL.

Destaque para as musicas "Rockway Beach", "Teenage Lobotomy", "Psycho Therapy", 







Um evento onde pude ver gerações e tribos diferentes em PAZ, curtindo, admirando e acima de tudo repeitando artistas que se tornaram ÍCONES do ROCK e serviram de inspiração musical e de vida para muitos que ali estavam.



Fiz algumas imagens da galera saindo do fronteira satisfeita com o evento e os comentários positivos eram perceptíveis e isso é muito bom!!




Depois segui para frente do palco na esperança de ser chamado ao camarim para fazer imagens dos caras, porém a produção deu preferencia aos fãs e eu fiquei de fora dessa... Acontece!!





Antes da saída da banda ainda pude fazer umas fotos da passagem dos caras pelo palco a caminho da saída.

Parabéns a Xaninho Discos Falidos pela excelente produção e pela oportunidade dada aos Roqueiros e Roqueiras de Belém de poderem assistir a um show dessas duas lendas do Punk Rock mundial!!!

Assista aos vídeos abaixo, confira todas as fotos desse evento clicando no cartaz no topo desta postagem e COMPARTILHE a mesma em sua rede de amigos no Facebook e ajude a divulgar a sua cena!!

Vídeos:























Links Relacionados:
Marky Ramone:

Mark Ramone Bltzkrieg:

Ramones:

Johnny Ramone:

Joey Ramone:

Michale Graves:

Misfits:

Marcelo Gallo:

Alejandro Tannen:


























































































































































 


















































































































Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...